Skip to main content

mais do mesmo e...não só

Bem,ontem postei aqui sobre uma praga chamada homeless,a propósito de um que foi lá ao restaurante determinado a arranjar confusão e dar espectáculo.
Hoje não foi lá ele,mas foi um colega de profissão,teimando em lá ir repetidas vezes sabendo perfeitamente que lhe indicariam sempre o caminho da rua.
Ora a personagem queria um cafezinho à borlix,pois já tinha conseguido os seis selos para colar no cartão de loyalty card que dão então uma bebida quente gratuita.
Mas como já sabem perfeitamente que eles conseguem preencher o cartão devido ao facto de andarem a pedir os selos aos clientes ou a tentar sacar os copos vazios do lixo,o meu colega disse-lhe que ele não podia usufruir do cartão preenchido.
Foi-se embora,mas crente de que o meu colega entretanto já teria esquecido a fuça dele,voltou algum tempo depois,para beneficiar da mesma sorte,coitado.
Será que não entendem que não é...não?
Mas porque é não arranjam uma ocupação na vida,nem que seja a vender a the big issue,sempre dava para os ocupar com algo.
Mas nem só os sem abrigo me metem confusão...
Outra coisa que também vejo muito aqui em Londres e que acho inacreditável é ver alguns pais transportarem "bebés" de 5,6anos e até mais velhos em carrinhos de bebé!
Parece mentira,mas é verdade.Não raras vezes o vejo.
Hoje vi uma mãe transportar um miúdo no carrinho,a criança já era maior que o carro,os pés dele chegavam ao chão e ele próprio movia o carrinho!De vez em quando levantava se para andar,correr e saltar.
Eu não entendo como é possível tal coisa,nem porquê...
Será que são crianças hiperactivas e assim mantêm nas sossegadas?Ou serão estes pais maluquinhos?
A mim parece-me totalmente descabido,acho que não faz bem nenhum ao crescimento dos miúdos,tornando-os preguiçosos;mas pelos vistos aqui em Londres é normal tal hábito.
Realmente Londres é mesmo um mundo completamente diferente,a todos os níveis...
Com tempo,abordarei outros tópicos relacionados com diferenças interessantes a nível cultural,social,etc.

Comments

Popular posts from this blog

Alguém sabe onde traduzir certificados aqui em Londres?

Preciso de obter a tradução em inglês dos meus certificados de habilitações,já que me esqueci completamente de tratar disso em Portugal antes de vir para cá.
Agora,tenho uma certa urgência em fazê-lo,porque quero começar a ver de trabalhos ma minha área específica e não sei onde poderei conseguir as traduções.
Penso que no Consulado apenas autenticam e reconhecem traduções,mas não as fazem.
Eu até fazia eu própria a tradução,mas preferia que fosse feita por um tradutor oficial,ou pelo menos poder mostrar a minha tradução a um tradutor de forma a saber se é 100% correcta.
Se alguém souber onde me posso dirigir para fazer isso,agradecia imenso.
Obrigada!

Férias

Acho que nunca fiquei tanto tempo sem ir a Portugal.
Mas amanhã lá estarei, finalmente, oito meses após ter chegado à África do Sul!
Vai ser um mês de férias que vai saber a pouco, mas para o ano conto ir duas vezes a Portugal: no verão e no Natal.
Até amanhã Portugal! Estou quase aí!

coisas que gosto de fazer nos meus tempos livres

Não tenho muito tempo livre para me dedicar às coisas que gosto de fazer,mas tento pelo menos dedicar sempre algum tempo das minhas folgas a essas coisas.
Adoro ler!Lamento é não ler agora tanto como já li em tempos.
Ainda ontem entrei em duas livrarias de Oxford Street e nem dei pelo tempo passar;quando me apercebi,tinha passado parte da tarde entre prateleiras cheias de óptima literatura!
Era para ter comprado um livro do Jostein Gaarder,mas acabei por não o fazer,pois neste momento já estou a ler dois livros,um em inglês: Atonement de Ian Mc Ewan e um em português: Malinche,de Laura Esquivel.
Geralmente,leio mais é durante as minhas viagens de autocarro de casa para o trabalho e vice-versa.
Também adoro escrever;de escrever no meu diário,que mantenho já há alguns anos e onde estão registados alguns dos momentos mais significativos da minha vida,bons,maus,assim-assim.
Actualmente,estou a escrever o meu 18º diário!Já escrevi mais diário que Miguel Torga escreveu,eh,eh,mas claro que a quali…