Sunday, 30 March 2008

dias maiores

É sempre chato quando temos que mudar para a hora de verão,o que significa ter que adiantar o relógio uma hora e dormir menos ,eu gosto mais de atrasá-lo uma hora quando é no Inverno para poder dormir mais uma hora!
Mas,pronto,há que ver a coisa pelo lado positivo,pois este domingo esteve um dia bem agradável,com sol quase o dia todo e às sete horas da tarde apercebi-me que ainda era de dia!
Pois é,agora os dias são maiores!Que maravilha!
E pensar que ainda há poucos meses às três e meia da tarde já era de noite!

Saturday, 29 March 2008

porque é que tens um blog?

A Sofia passou-me o desafio de explicar a razão que me levou à criação deste blog.Quanto às regras do desafio são as seguintes: "As que regem todos os outros desafios, seguindo a regra de bem viver na blogoesfera, responder à pergunta e passá-la a outros bloguistas num nº entre 7 e 9 dizendo porque os seguem, enviar selo do desafio."

Decidi começar a escrever este blog apenas alguns meses depois de estar em Londres e após várias tentativas falhadas,ou seja,antes já tinha dado início a um outro blog,mas quase não escrevia nele,por isso acabei por cancelá-lo.Entretanto,decidi criar este blog,no qual inicialmente também só escrevia uns posts de tempos a tempos,até que me fui tornando mais assídua e agora escrevo com mais regularidade,sobre os mais diversos assuntos.E também decidi criar o blog porque gosto bastante de escrever e porque é sempre uma forma de poder partilhar experiências e dar informações úteis a quem esteja a pensar em vir para Londres.E passo o desafio a:

Afrika (gosto muito da forma como escreve)

Sarita (gosto do blog e das ilustrações)

Mononoke (tem fotos giras,dicas e informações porreiras)

Joana Saramago (excelentes fotografias)

Andreia (gosto de estar a par das aventuras da sua experiência como aupair)

Cadu (o mundo é mesmo pequeno: depois de ele deixar um comentário no meu blog,descobri o blog dele e descobri também que conheço pessoas da família dele!!)

Michael (um blog cheio de sentimento,intenso e muito bem escrito)

Thursday, 27 March 2008

saudades da nossa óptima comida

Hoje,vinha no autocarro deserta para chegar a casa e aquecer uma lasagna para o jantar,a certa altura cheirou-me a...frango assado no churrasco!Fiquei ainda com mais fome do que já estava e com imensa vontade de comer frango assado,com arroz branco e batatas fritas...
Não sei por que razão senti aquele cheiro,mas talvez alguém dentro do autocarro estivesse a comer qualquer coisa cujo cheiro eu tenha associado ao do frango no churrasco.
Só sei é que fiquei logo com imensas saudades de várias comidas,tais como o frango assado,bacalhau com natas,peixe frito,feijoada...
A semana passada um amigo da minha irmã esteve cá e trouxe bolo de chocolate,queijo castelões e queijo palhais e Nestum mel...
Pelo menos já deu para matar saudades de alguns mimos de Portugal.

Wednesday, 26 March 2008

sensacionalismo

Todos os dias costumo consultar os jornais portugueses na net para estar a par do que vai acontecendo em Portugal.
Geralmente,os assuntos que são notícia são os mesmos:corrupção no desporto,decisões políticas que pouco ou nada favorecem Portugal e os portugueses,futebol,falência de empresas,desemprego,criminalidade..
Este último tema é o favorito dos jornalistas do jornal 24 horas,cujo site por vezes vejo para constatar até onde chega o sensacionalismo deste jornal,cujas notícias não são escritas com rigor e exactidão jornalísticos,mas escritas para vender;ou seja,há distorção da verdade,opinião do jornalista,descrição de pormenores que não interessam para nada.
Há uns tempos,ao ler num desses jornais a notícia de um acidente que envolveu uma ambulância e um comboio,reparei que ocupava duas páginas do jornal! Incrível! Depois, mais surpreendida fiquei quando li a notícia,que dava conta não só do acidente,do local e dos envolvidos,como descrevia os pormenores mais horripilantes resultantes do acidente e ainda opiniões dos que presenciaram a tragédia,opiniões sem qualquer fundamento ou lógica!
É inacreditável como este tipo de jornais vende tanto,não só em Portugal,como também aqui em Inglaterra,onde há bem mais imprensa sensacionalista,que vende e vende bem,pois além de ser barata,noticia o insólito,distorce a verdade jornalística,enfim,pratica um mau jornalismo,de baixo nível.

Tuesday, 25 March 2008

continua a nevar...








Desde Sábado que tem nevado em Londres,contudo não é neve que se veja por muito tempo,já que derrete mal chega a o chão!

Parece que no Sábado e Domingo bem cedinho é que nevou com mais intensidade,de tal modo que ainda cobriu ochão com um manto branco durante um bocado.

De resto,têm caído uns flocos que às vezes mal dá para ver.


Sunday, 23 March 2008

contador

Agora coloquei um contador no blog para saber quantas pessoas já visitaram o meu blog e posso saber também se esses visitantes estão cá,em Portugal,etc.

Saturday, 22 March 2008

e hoje começou a nevar!

A primavera começou ontem,mas a verdade é que o frio está a aumentar de dia para dia e hoje à tarde,ia eu a saír de casa e uma amiga minha,que vive em north london ligou-me a dizer que estava a nevar lá para os lados dela.
Mas enquanto falava com ela,começaram a caír uns flocos de neve,mas não passou disso.
Entretanto,fui até Oxford Street e também lá estava a choviscar neve e um frio de cortar.
E ao ver passar imensos daqueles autocarros para passeios turísticos em que os turistas vão lá em cima para ver a paisagem,pensei como aquela gentinha era bem corajosa para ir ali a apanhar com aquele frio todo,apesar de a piada de andar naqueles autocarros ser mesmo a de ir lá em cima a observar a paisagem.
De qualquer forma,nem o frio faz com que se veja menos gente em Oxford Street.
Hoje decidi ir às compras,mas amanhã talvez volte para aqueles lados,pois quero ainda comprar mais umas coisas.
Vamos lá ver se é amanhã que a neve vai caír a valer em Londres!


Friday, 21 March 2008

1ºdia de primavera

A Primavera parecia que ia começar muito bem por aqui.
De manhã estava frio,mas estava sol e assim esteve até ao fim da manhã,até que ficou encoberto pelas nuvens.
A seguir,frio,muito frio e chuva e depois,ao fim da tarde ainda começou a nevar!
Era ver tudo contente já a tirar fotos,mas a alegria durou pouco,porque logo começou a chover e a derreter a pseudo-neve!
O frio é que não diminuiu,aliás,acho que tende é a aumentar,infelizmente!
Era bom que o fim de semana fosse menos frio,pois queria ir passear,fazer compras e saír para festejar o meu aniversário,que foi ontem,mas que não tive hipótese de comemorar no dia.
Pode ser que o tempo melhore para este sábado!
E com sorte ainda vou conseguir bilhetes para o London Eye!Para ver Londres lá de cima!
Quanto ao dia de anos propriamente,foi a trabalhar,mas andei todo o dia a receber os parabéns,beijinhos e abraços dos colegas,que ainda me ofereceram uma caixa de bonbons e um cartão de aniversário giríssimo!!
Já nos 30!
Quando os meus colegas me perguntaram que idade fazia,nem queriam acreditar,fizeram todos uma cara de admiração e disseram:
No way!
Really!?
i would say you re 24,25,no more!
E eu toda contente e a pensar: -Quanto mais idade tenho,mais nova pareço!
Mas a ideia que tenho é que até aos 20,ou pelo menos até aos 18,o tempo passou muito devagar e queria que passasse muito depressa,para atingir a maioridade,para poder ter mais liberdade,para ir para a universidade...
Depois cheguei aos 20 e queria que o tempo começasse a passar mais devagar,para aproveitar bem os twenties,mas acho é que começou a passar mais rápido,de tal modo que já cheguei aos 30!


de repente,já nos 30!

Dia 21 de Março...
começa a primavera e...eu faço anos!
Este ano já faço30!
Acho que ainda nem me mentalizei que já entrei nos30,não,não, me mentalizei ainda,pois na verdade sinto-me como se ainda tivesse vinte e tal anos e além do mais ninguém acredita quando digo a idade que tenho,o que é óptimo.
Ninguém me dá mais de 25anos.
Bem,mas apesar de irradiar juventude,já tenho30,pelo que está na hora de ganhar juízo,ou seja,está na hora de começar a passar os meus objectivos aqui em Londres da teoria à prática:
Ver do emprego que realmente quero e continuar a minha formação académica...enfim fazer o que tenho a fazer agora que estou nos 30.
Parabéns para mim e para todos os que hoje fazem anos!!!




Sunday, 16 March 2008

coisas que gosto de fazer nos meus tempos livres

Não tenho muito tempo livre para me dedicar às coisas que gosto de fazer,mas tento pelo menos dedicar sempre algum tempo das minhas folgas a essas coisas.
Adoro ler!Lamento é não ler agora tanto como já li em tempos.
Ainda ontem entrei em duas livrarias de Oxford Street e nem dei pelo tempo passar;quando me apercebi,tinha passado parte da tarde entre prateleiras cheias de óptima literatura!
Era para ter comprado um livro do Jostein Gaarder,mas acabei por não o fazer,pois neste momento já estou a ler dois livros,um em inglês: Atonement de Ian Mc Ewan e um em português: Malinche,de Laura Esquivel.
Geralmente,leio mais é durante as minhas viagens de autocarro de casa para o trabalho e vice-versa.
Também adoro escrever;de escrever no meu diário,que mantenho já há alguns anos e onde estão registados alguns dos momentos mais significativos da minha vida,bons,maus,assim-assim.
Actualmente,estou a escrever o meu 18º diário!Já escrevi mais diário que Miguel Torga escreveu,eh,eh,mas claro que a qualidade literária dos meus é inferior.
Também gosto de escrever poemas,de vez em quando,quando me sinto inspirada e mais frequentemente escrevo prosa.
Sei que não escrevo mal,mas gostaria muito de desenvolver e aprofundar a minha capacidade criativa;por isso ando a ver de cursos de escrita criativa,de forma a poder aprender métodos para desenvolver a minha capacidade de escrita nos diferentes géneros literários.
E depois vou ser uma escritora famosa!
E além disto ainda gosto muito de cinema.Claro que ir ao cinema aqui em Londres não pode ser muitas vezes,porque é muito caro,pelo que a opção é ver filmes em dvd ou sacados da net(pirataria,eu sei,mas não digam nada a ninguém).
Gosto muito de ver uma divertida comédia romântica,dramas,fimes de terror (alguns).
Filmes de acção,tipo Sylvester Stallone e Arnold Swarzeneger é que não,obrigado!)
Ontem,para além de ter passado a tarde em livrarias,também dei um salto à HMV e à Virgin (que já não se chama Virgin,tem agora outro nome do qual não me consigo recordar) de Picadily e comprei o filme Alfie e as mulheres ,
que ainda não vi e que até pode não valer nada,mas que foi baratinho (£3)!
Talvez vá vê-lo hoje à noite.
Ah e adoro dormir,mas isso acho que toda a gente gosta não é?






mas afinal qual é a ideia do governo português?


Hoje,ao ler nas notícias que o governo pretende proibir uso de piercings e de tatuagens,soltei uma gargalhada.
Mas qual é,afinal, a ideia do Governo?
Apropriar-se do direito que cada um tem de fazer com o seu corpo aquilo que bem entender?
O corpo é propriedade de cada um e o governo não tem nada que legislar sobre algo que apenas diz respeito a cada um de nós.
As pessoas usam piercings e tatuagens porque gostam,porque se sentem bem e o governo não tem nada que proibir sobre o uso disso.
Dizem os defensores desta lei que esta proibição não é restritiva da liberdade pessoal.
Ai não? Engraçado,a mim parece-me que é!
Ah! E parece que “O Estado tem a obrigação de zelar pela saúde dos cidadãos".
Pois então,se é assim,por que não passar da teoria à prática?
Por que não melhorar então o serviço nacional de saúde,ao invés de continuar a fechar urgências,maternidades e hospitais de norte a sul do país?
Por que não diminuir o tempo de espera que uma pessoa tem que esperar para conseguir uma consulta num centro de saúde ou hospital?
Por que não aplicar penas pesadas nos casos de negligência médica?
Por que não abrir inquéritos para averiguar por que motivo,tantas vezes doentes graves ficam à espera horas a fio nos corredores das urgências até que sejam atendidos? Para já não falar das consequências que por vezes resultam dessa espera...).
Na minha modesta opinião, estas é que seriam algumas medidas que realmente demonstrariam a preocupação do governo com a saúde dos cidadãos.
E a droga e o álcool, Sr. Primeiro Ministro,não são muito mais prejudiciais para a saúde do que um piercing?

Thursday, 13 March 2008

algumas coisas que já me aconteceram aqui em Londres

Desde que aqui estou já me aconteceram algumas coisas engraçadas.
Hoje por acaso estava a lembrar-me de algumas e por isso decidi pô-las aqui no meu blog.
Aqui em Londres estreei-me na arte do "roubo".Está entre aspas porque cometi um roubo inadvertido,sem saber.A sério,acreditem!
Tinha ido à H&M para comprar umas luvas.Escolhi as luvas,fui ao balcão,apercebi-me que andava com o fecho da mala aberto,tirei a carteira,paguei e saí da loja.
Uma vez cá fora,voltei a ir à mala para tirar o telemóvel e ver as horas e eis que...encontro algo lá dentro com a etiqueta H&M:um anel de bijuteria!
- Mas como é que isto aqui veio parar - questionei eu.
Foi então que me ocorreu que.como a minha mala estava aberta,aquilo deve ter caído para dentro da mala quando estava a passr junto daquela secção de artigos de bijuteria.
Por sorte,o alarme não disparou quando saí da loja,pois seria uma vergonha!

Outra...

Uma vez,na estação de Embankment,estava eu a pôr umas moedas na máquina,para carregar o meu Oyster, sem reparar que nessa mesma máquina ,no sítio onde se colocam as notas,estavam £20 a olhar para mim!£20!E eu não os vi,quem os viu foi o tipo que estava na máquina ao lado,que ficou com a nota e eu fiquei a olhar,estupefactamente para a nota que podia ter ganho!

E mais outra...

Só há pouco tempo descobri que tenho uma poupança anexa à minha conta bancária daqui!
Eu realmente via nos extractos que no final de cada mês estava lá mais aquele dinheiro,mas não sabia do que se tratava,até há pouco tempo,que me lembrei de aproveitar uma ida ao banco para alterar a morada e me informaram dessa tal poupança!


Wednesday, 12 March 2008

Alguém sabe onde traduzir certificados aqui em Londres?

Preciso de obter a tradução em inglês dos meus certificados de habilitações,já que me esqueci completamente de tratar disso em Portugal antes de vir para cá.
Agora,tenho uma certa urgência em fazê-lo,porque quero começar a ver de trabalhos ma minha área específica e não sei onde poderei conseguir as traduções.
Penso que no Consulado apenas autenticam e reconhecem traduções,mas não as fazem.
Eu até fazia eu própria a tradução,mas preferia que fosse feita por um tradutor oficial,ou pelo menos poder mostrar a minha tradução a um tradutor de forma a saber se é 100% correcta.
Se alguém souber onde me posso dirigir para fazer isso,agradecia imenso.
Obrigada!

Acordo ortográfico?Eu discordo!

Parece que o acordo ortográfico da língua portuguesa,cuja elaboração já data do início dos anos 90,mas depois não entrou em vigor,vai finalmente ser implementado.
Na verdade,sou totalmente contra a entrada em vigor desse tal acordo e acho que a maioria dos portugueses será da mesma opinião,não?
Parece que as alterações que vão ser feitas na língua portuguesa vão ser ao nível da língua escrita.
Na minha opinião,não faz qualquer sentido, nem há qualquer razão lógica para que seja alterada a grafia das palavras,de forma a aproximá-la da grafia utilizada nos outros países de língua oficial portuguesa;para quê?
É a nossa língua,o nosso português dePortugal e não faz sentido que a queiram alterar.
Do que já pesquisei,sei já,por exemplo que acção se passará a escrever sem a consoante muda c,ou seja,ação;pêlo e pelo passam a escrever-se da mesma forma: pelo,(pelo que vamos ter que descobrir, em contexto, de que palavra se trata);o hífen vai ser eliminado nalguns casos: fim-de-semana será fim de semana;noutros casos dar-se-á uma eliminação do hífen e uma fusão da palavra que antes tinha o hífen: auto-estrada vai escrever-se autoestrada;as estações do ano e os meses deixarão de se escrever com maiúscula: Janeiro passa a escrever-se janeiro e Primavera será primavera.
Por mais argumentos que já tenha lido,em defesa da ratificação do acordo,que foi feita recentemente,nenhum deles me leva a concordar com ele,uma vez que apesar de a língua ser a mesma em sete países diferentes,esta evoluíu e evolui de forma diferente nesses países,de acordo com as influências recebidas, com a cultura e sociedade inerentes a cada um.
O que vai acontecer é que se vai perder a especificidade e a particularidade do português de Portugal e eu espero que isso não venha a acontecer,espero que todos os portugueses,que os escritores,linguistas,professores de português se oponham a este acordo e que batalhem e argumentem a favor de continuarmos a falar e a escrever português de Portugal.
Para terminar, deixo-vos uma definição interessante da palavra acordista, que encontrei agora há pouco num artigo de opinião sobre esta temática:
acordista. s. m. e f. Pessoa particularmente iluminada dos países lusófonos que pretende pôr toda a gente a escrever a Língua Portuguesa da mesma maneira por meio de acordos ortográficos, independentemente das muitas diferenças existentes, há muito tempo, nas versões faladas e escritas da língua em diversos locais do mundo. = SONHADOR.

Tuesday, 11 March 2008

o sossego de algumas zonas de Londres ao domingo

No domingo, fui dar um passeio para os lados da Tower of London.
Saí do autocarro em Aldgate e depois fui a pé,passando por Liverpool Street,Monument,Bank.
E fiquei espantada com a calmaria que reinava naquelas zonas num domingo à tarde.
Nem parecia que estava em Londres!Nem parecia que aquelas ruas,que estavam tão sossegadas são as mesmas que durante os dias de semana são tão movimentadas por centenas de pessoas a correr de um lado para o outro; a irem para os trabaçhos,a saírem e entrarem dos cafés,restaurantes e lojas; a fazerem uma pausa para fumarem à porta dos edifícios;as filas de trânsito,que me fazem demorar quase uma hora dentro do autocarro de casa ao trabalho.
Que grande diferença!
Ao domingo, naquela zona não se passa nada!Poucas são as pessoas que se vêem por ali,o trânsito é quase inexistente,a maior parte das lojas,cafés e restaurantes estão fechados.
Depois,com a chegada da 2f,recomeça tudo de novo: o movimento,a confusão,as filas de trânsito...
Fiquei realmente surpreendida,pois nunca tinha ido para aqueles lados ao fim de semana.

Sunday, 9 March 2008

mais diferenças





























Hoje vou continuar a falar sobre diferenças entre Inglaterra e Portugal.Bem,aqui ganha-se melhor,razão pela qual diariamente centenas de pessoas chegam a Londres para trabalhar e para prosseguirem os seus estudos.



Só para ficarem com uma ideia,ganho três vezes mais do que ganhava em Portugal,a fazer um tipo de trabalho que fiz lá.



Por outro lado,apesar de o nível de vida aqui ser mais caro,é possível chegar ao fim do mês com dinheiro e o governo ainda ajuda a pagar renda de casa,despesas com educação e formação,etc.



O abono de família aqui é de £500 por mês por filho,mais ou menos 750euros,ah pois é,parece inacreditável,não é?



Até os sem abrigo,que vivem nas ruas por opção e porque não querem trabalhar,recebem uma ajuda semanal do governo,o que eu acho que não havia necessidade,porque essa gente,se não tem casa ou trabalho é porque não querem,pois aqui só não arranja trabalho quem não quer mesmo.



No que respeita à habitação,que é sem dúvida uma das despesas maiores aqui em Londres,geralmente aqui as casas têm dois pisos.



No primeiro piso costuma ser a cozinha e a sala e depois,no piso superior,os quartos e casa de banho.Todas as casas têm aquecimento,uma vez que faz bastante frio no Inverno e as casas de banho não têm interruptor para acender a luz,mas sim um fio que se puxa e...faz-se luz.Interessante,não?



As tomadas e fichas de electricidade são diferentes,pelo que quando aqui cheguei tive que comprar um adaptador para ligar o meu pc e carregador do telemóvel.



Se formos ao café e nos formos sentar,bem podemos esperar sentados,pois ninguém virá para nos servir à mesa;temos que pedir ao balcão e pagar logo e levar nós próprios as coisas para a mesa.

E devemos pedir sempre do seguinte modo Can i have.... e não i want,por uma questão de cortesia e boa educação e no final o thanks.



Claro que se formos a um café tuga já não temos que pedir ao balcão e aqui ainda há bastantes cafés tugas,bem como restaurantes.



Basta ir a Stockwell,Vauxhall,Notting Hill e não só,para encontrar algum estabelecimento tuga.

Supermercados...o que não falta é oferta e variedade,para todos os gostos e carteiras.

Tesco,Sainsbury's,Asda,Marks & Spencer,Iceland,etc.

Aqui as pessoas compram muito refeições pré-cozinhadas,tais como pizzas,lasagnas,spaguethis,etc,pois aqui as pessoas não têm tanto tempo para perderem a cozinhar.

Eu por exemplo,entro ao meio dia,mas tenho que saír de casa e apanhar o bus antes das 11;saio às 8,quando chego a casa já passa das nove,ou seja,geralmente já não vou cozinhar,pois é tarde e estou cansada e lá vou aquecer uma pizza ou uma lasagna.

Mas não há hipótese de ser de outra forma,nem dá para as pessoas irem almoçar a casa na hora de break.porque regra geral as distâncias entre a casa e o trabalho são muito grandes,por isso as pessoas ou vão comer fora,ou levam o almoço de casa,ou compram uma sandes ou uma salada no supermercado...

Pois é,como vêm,a vida por aqui difere muito da vida e da rotina que se tem em Portugal,aqui as pessoas andam sempre a correr de um lado para o outro,a correr ou a andar depressa,aqui as pessoas,muitas pelo menos,depois do trabalho ainda vão descomprimir para o ginásio ou então vão para o pub com os amigos ou colegas de trabalho beber um copo,sobretudo se é véspera de fim de semana.








Saturday, 8 March 2008

fim de semana

Finalmente chegou o fim de semana,que espero que seja mais produtivo que o anterior.
Neste fim de semana vou tentar:
-continuar a postar aqui no blog sobre o tópico "diferenças"
-pesquisar ofertas de emprego
-pesquisar cursos de pós graduação e mestrados
-ir ao gradjobs(já este sábado,trata-se de uma feira de emprego para licenciados)
-reformular o curriculum vitae,já que tenho mais algumas coisa para acrescentar
-ir à minha antiga casa buscar o correio que lá está para mim
-arquivar papelada(payslips,correio,etc)
-ir ver umas montras(queria comprar uns sapatos e talvez umas calças)
-fazer um qualquer programa cultural(tipo visitar uma exposição,museu,etc)
-ler(não tenho lido quase nada,o que é uma vergonha e é inaceitável,sobretudo porque eu adoro ler,mas falta-me tempo,porque chego sempre tarde a casa e no autocarro ou metro nem sempre tenho disposição para tal)
-actualizar-me sobre a minha área de estudos
-etc

Vou tentar cumprir pelo menos alguns destes objectivos


Thursday, 6 March 2008

aqui é tudo bem diferente






































Aqui em Londres tudo é completamente diferente de Portugal.




Desde que aqui estou já notei dezenas de diferenças a todos os níveis:social,cultural,económico,quer ao nível das mentalidades,da forma de agir e pensar das pessoas.




Só um post é pouco para falar de tão grande diferença.




Uma das grandes diferenças prende-se com a grande diversidade étnico-cultural que existe por cá.




Aqui há pessoas de todo o mundo...aqui ouvem-se falar centenas de línguas e dialectos diferentes,cada povo,cada religião aqui existente pode manifestar e divulgar a sua cultura,de modo a que assim se sintam um pouco mais em casa.




Todas as semanas há eventos dedicados aos diferentes países,festivais,celebrações,etc,organizados pelas pessoas desses países que aqui vivem e com o apoio do governo,que age no sentido de integrar a vasta comunidade internacional aqui residente.




Na verdade,Londres tem mais estrangeiros do que ingleses!




Basta entrar no autocarro ou no metro e ver logo a diversidade cultural daqui:muçulmanos,hindus,orientais,africanos,casais onde predomina a mistura de raças:orientais com ingleses,inglese com africanos,indianos com orientais,etc...




As pessoas com quem mais me cruzo nos transportes públicos,são os muçulmanos,uma vez que vivo em east london,zona predominantemente habitada pelos muslims.Na verdade não são pessoas lá muito afáveis nem sociáveis,têm um ar desconfiado e não gostam muito de passar o corpo por água!Dá ideia que vivem num mundo à parte,já que como sabem a cultura deles é muito diferente da ocidental.Mas é a cultura deles,a maneira de ser deles e há que respeitar,claro;até porque aqui há uma tolerância e respeito pelo que é diferente.




Cada um é como é,cada um pode ser e demonstrar aquilo que realmente é,não tem que se esconder atrás de uma máscara.




Os gays podem assumir a sua orientação sexual em público livremente e sem tabus,pois as pessoas não lhes vão apontar o dedo ou rir-se nas suas costas;uma pessoa pode vestir-se como bem entender,até pode andar de pijama na rua se quiser!




Aqui a maior parte das pessoas utiliza os transportes públicos no seu dia a dia,desde o operário fabril ao exsecutivos.Claro que aqui também há horas de ponta e engarrafamentos do trânsito,mas os transportes públicos são bastante usados por todos.




O autocarro é mais demorado que o metro,mas é muito mais barato,metade do preço do metro e o preço é o mesmo para toda a cidade,o que já não acontece com o metro,cujo preço difere de acordo com as zonas entre as quais se viaja.E também há o táxi,que não se aconselha,dado os preços.Eu já andei uma vez,mas foi para ir fazer um recado de trabalho,logo,pagou o patrão...foram £12 para uns 20 minutos de viagem,aproximadamente.Em euros,é mais ou menos 18euros!!




Andar a pé...pode ser se se tiver tudo ao pé de casa,o emprego,o supermercado,o ginásio,etc.Para mim,não dava,pois eu trabalho mesmo no centro de Londres,mas vivo fora do centro,claro,pelo que uso o autocarro.Demora cerca de 35minutos,se não houver trânsito,senão, a viagem pode demorar uma hora!!




Mas eu gosto dos transporte públicos daqui.
Bem,por hoje fico por aqui.
Continuarei logo mais a falar sobre as muitas diferenças por aqui existentes.















Tuesday, 4 March 2008

devagar se vai ao longe?

Devagar se vai ao longe?Espero que sim,que este ditado popular tenha realmente um significado.
Como postei há uns tempos quero imenso mudar de trabalho em breve e para isso,tenho que procurar,pesquisar,fazer candidadaturas,etc.
No fim de semana passado tinha planeado dedicar-me a isso,mas aconteceu que passei a maior parte do tempo a dormir,já que me sentia super cansada,sem energia e sem disposição para o que quer que fosse.
Mas realmente precisava mesmo de dormir e descansar,e nestes últimos dias já me sinto mais revitalizada.
Ainda pouco ou nada procurei.
Encontro imensos sites,imensas ofertas mas nem sei por onde ou como começar.
Tenho jornais e prospectos com informações úteis que também ainda não comecei a ler.
Também ainda não comecei a pesquisa de cursos de pós-graduação ou mestrado.
Tenho que ainda ir tratar da tradução e autenticação dos meus certificados,tenho que ir buscar o meu certificado do fce e mais alguma possível correspondência à minha antiga casa,tenho que mandar algumas cartas por causa também d mudança de morada,tenho que reformular o meu cv,tanta coisa para fazer e eu sou uma preguiçosa e não sou capaz de me organizar para começar a fazer as coisas que tenho a fazer,porque sou preguiçosa para me levantar mais cedo,porque sou preguiçosa para fazer alguma coisa depois de chegar a casa do trabalho.
A única coisa que fiz hoje,foi responder a um anúncio que pedia um professor de latim para integrar um projecto de divulgação e apelo ao interesse pelo estudo das línguas clássicas.
A ver vamos se obtenho uma resposta.
Mas tenho que procurar mais,muito mais e enviar muitos currículos.
Tenho que "disparar" em todas as direcções,para mais fácil se tornar a caça ao emprego.
Mas...tenho que deixar de ser tão preguiçosa!

Sunday, 2 March 2008

por que razão ando tão cansada??

Ando um pouco cansada nestes últimos tempos.
Não sei o que tenho mas a verdade é que na semana que passou me senti super sem energia,sem nenhuma disposição.
Estive de folga todo o fim de semana mas mesmo assim parece que não foi suficiente para pôr o descanso em dia.
Quer ontem,quer hoje,dormi imenso,mas sinto-me ainda cansada.
Talvez também seja porque ando outra vez a alimentar-me pior...ultimamente fico a preguiçar na cama de manhã e depois já não tenho tempo para tomar o pequeno-almoço antes de saír de casa;só almoço e depois janto qualquer coisa quando chego a casa do trabalho...sempre tarde,isto é,por volta das 9.30p.m.
Ou seja,noto que já voltei a emagrecer,quando visto certas calças.
Já não me peso desde que voltei de férias de Portugal,mas tenho quase a certeza que neste momento não devo pesar mais de 50Kg.
Devia engordar um pouco mais,pois não há necessidade nenhuma de estar tão magra.
Para quem já pesou 62Kg e já vestiu o 42,agora pesar talvez menos de 50Kg e vestir o 36,às vezes com dificuldade,foi um decréscimo de peso muito acentuado!
E eu tenho comido tanta junk food ultimamente e mesmo assim parece que não consigo engordar,não sei bem porquê...

Será que tenho de comer um boi de uma só vez,para ver se resulta e ganho algum peso?

É que eu acho que uma das razões para o meu cansaço e falta de forças é mesmo falta de alguns alimentos na minha alimentação,tais como fruta,vegetais...pois, coisa que aqui eu praticamente não como e devia comer bastante,pois estou a precisar e muito desses alimentos!!

Preciso de me mentalizar que não é só carne,arroz,massa e pão que bastam para a minha alimentação.

Também a fruta,os vegetais,o peixe são muito importantes para que me alimente decentemente.