Skip to main content

Viver fora da terrinha

Constato que, o facto de viver fora de Portugal e da terrinha que me viu nascer e crescer há mais de 4 anos faz com que já não esteja habituada a certas situações que achava perfeitamente normais quando cá estava e às quais,agora,já não estou habituada.
Uma delas é o facto de,sendo de uma cidade pequena,as pessoas meterem conversa por qualquer assunto,mesmo que não nos conheçam de lado nenhum.Então,há uns dias,ia eu na rua a pensar na vidinha e a dada altura,passou um cortejo fúnebre.Eu continuei o meu caminho,mas algumas pessoas estavam paradas a ver e de repente uma velhota aborda-me e pergunta: "ó menina,quem é que morreu?".E eu:"não sei."
Acho que ela estava à espera que eu lhe pudesse satisfazer a curiosidade e por isso lá deve ter ficado à espera que alguém lhe soubesse responder.

Outra situação é a de já não saber o que é fazer compras num super ou hipermercado e ter à disposição uma variedade/quantidade de marcas e produtos que não se encontram nos Tescos e Sainsbury's.Por isso,quando olho para produtos de certas marcas que eu costumava consumir,tipo Dan Cake,Triunfo,Nobre,até estranho e fico com imensa vontade de comprar montes de coisas para levar quando acabam as férias.

Ir ao café/pastelaria é outra rotina que não dispenso durante as férias;nem que seja só para tomar café.Outras vezes é também para comer um daqueles bolinhos de chorar e comer por mais.E é também para reencontrar amigos e conhecidos.

E,entretanto,as férias já estão mesmo a acabar e parece que ainda ontem cheguei.

Comments

Liliana Costa said…
Realmente so percebe quem vive fora. Coisas sao simples como ir ao Modelo da terrinha, com toda a variedade de produtos bons e aqui correr tescos e sainsburry's a procura de pure.
Parecia uma miuda no continente com tanta coisa boa a minha volta.
E as nossas pastelarias com tanta coisa boa e tantos cheiros bons.
E o nosso sol fantastico?
Ah que saudade. Uma pessoa habitua-se, mas que deixa muita saudade la isso deixa, para nao falar da familia e dos amigos.
Votos de um excelente ano :)

Popular posts from this blog

Alguém sabe onde traduzir certificados aqui em Londres?

Preciso de obter a tradução em inglês dos meus certificados de habilitações,já que me esqueci completamente de tratar disso em Portugal antes de vir para cá.
Agora,tenho uma certa urgência em fazê-lo,porque quero começar a ver de trabalhos ma minha área específica e não sei onde poderei conseguir as traduções.
Penso que no Consulado apenas autenticam e reconhecem traduções,mas não as fazem.
Eu até fazia eu própria a tradução,mas preferia que fosse feita por um tradutor oficial,ou pelo menos poder mostrar a minha tradução a um tradutor de forma a saber se é 100% correcta.
Se alguém souber onde me posso dirigir para fazer isso,agradecia imenso.
Obrigada!

Férias

Acho que nunca fiquei tanto tempo sem ir a Portugal.
Mas amanhã lá estarei, finalmente, oito meses após ter chegado à África do Sul!
Vai ser um mês de férias que vai saber a pouco, mas para o ano conto ir duas vezes a Portugal: no verão e no Natal.
Até amanhã Portugal! Estou quase aí!

coisas que gosto de fazer nos meus tempos livres

Não tenho muito tempo livre para me dedicar às coisas que gosto de fazer,mas tento pelo menos dedicar sempre algum tempo das minhas folgas a essas coisas.
Adoro ler!Lamento é não ler agora tanto como já li em tempos.
Ainda ontem entrei em duas livrarias de Oxford Street e nem dei pelo tempo passar;quando me apercebi,tinha passado parte da tarde entre prateleiras cheias de óptima literatura!
Era para ter comprado um livro do Jostein Gaarder,mas acabei por não o fazer,pois neste momento já estou a ler dois livros,um em inglês: Atonement de Ian Mc Ewan e um em português: Malinche,de Laura Esquivel.
Geralmente,leio mais é durante as minhas viagens de autocarro de casa para o trabalho e vice-versa.
Também adoro escrever;de escrever no meu diário,que mantenho já há alguns anos e onde estão registados alguns dos momentos mais significativos da minha vida,bons,maus,assim-assim.
Actualmente,estou a escrever o meu 18º diário!Já escrevi mais diário que Miguel Torga escreveu,eh,eh,mas claro que a quali…