Tuesday, 25 September 2012

E agora? Vou ou nao vou?

Provavelmente ja terei aqui referido que sou professora e que,infelizmente nunca consegui obter colocacao em Portugal. Decidi vir para ca e a par de outra actividade,tenho estado a dar aulas de portugues ha ja 3 anos, como private tutor. Nao e um trabalho fixo,mas tenho tido sempre alunos desde que comecei. Nos anos anteriores,tentei concorrer ao ensino de portugues no estrangeiro,mas quando dava conta,ja tinha passado o prazo. O ano passado concorri,mas nao pude comparecer a todas as fases de seleccao. Este ano voltei a concorrer,fui a todas as fases,passei e fiquei hoje a saber que tive colocacao.O meu objectivo primeiro era ficar colocada em Inglaterra. Fiquei colocada na Africa do Sul, em Joanesburgo. Agora tenho 3 dias para aceitar a colocacao. Se estou feliz?Sim,estou,porque so havia 13 vagas no total e eu consegui uma; mas confesso que sinto receio em ir para um pais completamente desconhecido e que tem alguns problemas internos. Tenho pouco tempo para pensar e alem disso,se recusar a colocacao,nao volto a poder concorrer nos proximos dois anos e eu pretendo concorrer nos proximos anos,para outros paises tambem,caso entretanto obtenha certificado de proficiencia em frances ou alemao. Alguem conhece ou ja esteve na Africa do Sul e me pode dar informacoes sobre este pais?

3 comments:

Ombemua - Saoirse said...

Aproveita querida, nem que seja para teres uma experiencia nova!

Recusar uma oferta dessas e que nao.
bACI*

Boa sorte :)

Ombemua - Saoirse said...

Aproveita querida, nem que seja para teres uma experiencia nova!

Recusar uma oferta dessas e que nao.
bACI*

Boa sorte :)

Jo said...

Boa tarde. Peço desculpa pelo incómodo e pelo "off-topic" mas eu sou uma recém-licenciada em Criminologia e encontro-me neste momento à procura de emprego para Inglaterra. A questão é que já enviei imensas candidaturas sem qualquer resposta, e toda a gente me aconselha a ir para aí e depois procurar emprego. O problema é o risco que isso acarreta já que caso não encontre emprego nos primeiros tempos teria que gastar um dinheirão. Nesta fase qualquer tipo de conselho ou ajuda seria mais que bem-vindo e como encontrei este blog não resisti a deixar este comentário em busca de alguma orientação. Mais uma vez peço desculpa.

Cumprimentos,

Joana Moreira